In setcuia

ANFÍBIO



É descompassado o sonho
como os campos da madrugada
Erosões rampas abaixo
e os helicópteros incólumes
nos céus
Quero viver no Pacífico
Porque os peixes permitem
E organismos me encantam
Ou é pior desalento
querer um meio: perder o centro

Mereço um recanto no Mediterrâneo
ou no Atlântico
Eu que sou brasileiríssima
fantástica, enfatizo a mágica
e aprendi a inusitar
nas cordilheiras ou no Índico
no Cabo da Boa Esperança
qualquer um, é meu lugar.

Neuza Dias

poeta de Santos

Um comentário:

Tuntum News disse...

Parabéns professor Emerson, seu blog é sensacional.