O terceiro sertão

Os Inhamuns (Arquivos Google)
.
Para Airton Sampaio, J.L Rocha do Nascimento, M. de Moura Filho e José Pereira Bezerra.

Emerson Araújo

Os Inhamuns não eram mais o mesmo. As famílias Arraes Feitosa e Rodrigues Pereira tinham quebrado o pacto de não agressão. Florêncio selou o burro, a única estrada de Aiuaba o levaria as terras diversas.
.
Trinta e três dias e sete horas, o burro parou. A palhoça. O Ipu-Ru
.
Perpétua afastou a porta lentamente, Florêncio no terreiro limpo. O presente.
.
Dois anos depois no Mil Réis, o choro de Elisa inquietava a noite, o sorriso da menininha quebrava a amargura de Perpétua Maria da Conceição, a saudade doída de Florêncio Arraes Feitosa.
.
Os Inhamuns e o Ipu-Ru se encontraram no terceiro sertão.

4 comentários:

f.wilson disse...

Esse Florencio Arraes Feitosa não passava de um "mala-sem-alça".

J.L. Rocha do Nascimento disse...

Emerson, se o Bezerra se candidatar à Academia, o que deve ocorrer em breve, vou propor ao grupo sua inclusão em substituição a ele, rsrsrs.

Brincadeirinha, mesmo porques os estatutos não permitem o ingresso de novos integrantes. Mas vc bem que tá merecendo. O diabo é a cláusula pétrea.

Gostei da narrativa e obrigado pela homenagem.

abs,

EMERSON ARAÚJO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
EMERSON ARAÚJO disse...

João, obrigado pela indicação afetiva a Confraria Tarântula, mas quero "não". A "Confraria Tarântula" é uma deliciosa academia de contistas formidáveis. Quanto a cláusula pétrea, o direito continua fechando questão e é por isso que ele é meio e não fim.
Abração!