CARTA ABERTA AOS DIRETORIOS MUNICIPAIS DO PT/PI

Companheiras e Companheiros:

O PT sempre fez a diferença com os partidos tradicionais no Brasil no que toca a democracia interna que sempre o exercitou através da participação das bases nas suas decisões importantes, ou seja, participação com debate e oportunidade de se manifestar. Infelizmente, nos últimos anos, esta prática vem desaparecendo paulatinamente e, recentemente, se consolidando, a prova disso é que as instâncias do partido não são mais consultadas e nem estimuladas a fazerem o debate e tomarem as posições, independência, ética, transparência, honestidade, valores que sempre pautaram o Partido dos Trabalhadores nestes seus 30 anos de existência, esta colocada em último plano.
.
No Piauí, as duas últimas gestões do PT comandadas pelo Senhor Fábio Novo que tem origem na forma tradicional de fazer política, somado ao caso do partido ser governo e ter uma relação com este de submissão, levou a bancarrota a frágil e propalada democracia interna. A prova mais contundente do abandono da democracia interna do PT piauiense é o caso da sucessão de governador/2010 ter se tornado um jogo de poder e empurra-empurra das mais vergonhosas, deixando o partido entrar no modo tradicional de se fazer política, ferindo frontalmente a sua brilhosa trajetória histórica.
.
Registra-se, ainda, que a maioria das lideranças públicas do PT do Piauí se transformaram em chefes tradicionais da política, e com a omissão da maioria de sua direção (PT), definiram os rumos da sucessão para projetos de cunho pessoal, sem levar em consideração o sentimento da base com a democracia participativa.. Viver o dilema de ter ou não candidatura própria para atender a interesses localizados e pessoais é tirar a oportunidade histórica do PT de continuar contribuindo mesmo lentamente com o processo de desenvolvimento econômico e social do Piauí.
.
Diante das ponderações acima, fica a plena certeza de que só os interesses pessoais e carreiristas de alguns poderiam justificar o não lançamento de uma candidatura ao governo do Estado pelo PT do Piauí.
.
Finalmente, como se explicaria o Partido do Governo mais bem avaliado na história do Piauí e do Brasil não ter condições de concorrer a sua própria sucessão?
.
São interrogações que devem passar pelas cabeças de muitos petistas, mas que não encontram espaço e oportunidade de se manifestar porque os donos do partido, no Piauí, não os permitem!
É por causa disso que queremos exercer o direito de manifestação com reflexões e debate, conclamando as direções municipais a se reunirem e emitirem a posição sobre esta conjuntura.
.
O PT do Piauí deve ou não concorrer ao Governo do Estado com candidatura própria?
.
Vamos debater reunindo a instância de cada município para que a decisão final seja do partido.

Teresina, Abril/2010

Militância Socialista do Piauí

Nenhum comentário: