domingo, 29 de novembro de 2009

O fulano de tal

Andre Breton, Diego Rivera e Leon Trotsky
.
Eu continuo comunista, mas não rubrico nenhum requerimento a Partido Comunista que nunca foi. Aqui a liberdade de expressão está acima da minha parca ideologia.
.
Tuntum, 29 de Novembro de 2009.

4 comentários:

Airton Sampaio disse...

Poeta, quem disse que o Fulano de Tal é você? Você, como poeta verdadeiro que é, JAMAIS atentaria contra a liberdade de expressão de ninguém. Seria um tiro na própria alma. Abração!

EMERSON ARAÚJO disse...

Meu caro, Airton Sampaio, me pus como fulano de tal para provocá-lo mesmo, mas uma provocação solidária/sem raiva. Sei que jamais seria "eu" naquela formulação metonímica daquele requerimento burocrático da tua postagem. Sei que, também, há amigos nossos que rubricariam aquela peça sem nenhum problema de consciência. São fracos, coniventes e que vendem a alma ao diabo por qualquer coisa. Eu não, preferi vir sofer aqui em Tuntum, do que ficar a mercês de fascínoras que sempre combati e continuo combatendo mesmo na instância partidária. Ser comunista pra mim, não é galardão, é peso diante dos pseudos comunistas que foram postos aí.Sou comunista, ainda, porque creio numa sociedade de iguais, na revolução permanente e não na burocracia stalinista medíocre e nem nas sandálias franciscanas mentirosas. Sou comunista, ainda, meu caro, porque creio num estágio de liberdade superior para completar o ser humano como um todo. Outra, coisa, meu caro, amigo, a nossa amizade continua acima da minha ideologia. Abração!

Terça-feira, 01 Dezembro, 2009

AirtonSampaio disse...

Pois eu, poeta, sou apenas um contista. E contrário a qualquer ditadura, mesmo se o ditador for deus, quanto mais uns reles mortais como eu. Abração!

EMERSON ARAÚJO disse...

Aceito as últimas ponderações, caro amigo, Airton, e sem contestações. Abração!