Pela liberdade de expressão sempre!

Emerson Araújo - arquivo pessoal

Para Alborino Teixeira, Gervásio Santos, Airton Sampaio, Chico Castro e Marleide Lins

Sou de uma geração que amargou todos os tipos de dissabores. Explicação reduntante, a princípio, mas serve como lembrete para alguns amigos e tantos inimigos que se fizeram ao longo de décadas.

Dentre os diversos dissabores que a minha geração amargou há um que sempre me chamou a atenção e que deixou sequelas mil, ou seja, a falta de liberdade de expressão. Ou sob a égide da censura ou sob a baioneta do fuzil fomos obrigados a engolir a palavra pólvora e a frase lapidar de contestação de maneira bruta e sem contraditórios ou o legado da ampla defesa. É por isso, que, hoje, mesmo sob as mazelas surdas de quem está na direção do poder político que a defendo e a executo neste meu espaço de blogueiro com unhas e dentes.

Pode parecer redundante, também, que sempre me declarei filiado ao PT(sou do Fórum Socialista com muito orgulho) e vou continuar sendo, sem segundas intenções e que votarei em 2010 no candidato do partido. Agora isso não quer dizer que, por conta de ser petista de carteirinha, não possa fazer uma crítica ao pragmatismo de uma parte do meu partido ou deixar de abrir espaço neste blog para os amigos que quiserem fazer, tudo isso em nome da liberdade de expressão, o meu mote principal.

O resto é continuar a trajetória sem novos secretos dentes e sem nenhum segredo aparente.


2 comentários:

companheirosdeestrada disse...

NAO QUERENDO POLEMIZAR ,MAS DIGO QUE NAO VEJO A MESMA VIRuLENCIA DE ATAQUES CONTRA O GOVERDO DO PDV E O GOVERNO DO VIDA NOVA BELEZA. EMBORA ALGUMA criticas possam ser verdadeiras.mas nota-se que existe um rancor direitista muito forte.

EMERSON ARAÚJO disse...

Querido amigo Toinho, o rancor não é meu, apenas estou publicando em nome da liberdade de expressão os textos que me chegam por aqui. Outra coisa, uma parte da esquerda (PSOL, PSTU. PCO, etc) também critica o nosso querido PT(o não pragmático) com uma virulência bem maior. Tive que quebrar o pau com o Gervásio do PSTU porque ele quis me patrulhar na declaração de voto que fiz aqui ao Neto, mas fazer o quê, né! O próprio Airton Sampaio diz a quatro cantos que o meu defeito é ser petista. Ambos(Gervásio e Airton) são meus amigos de militãncia política, cultural e profissional. Assim como você é, também. O resto meu bom bom amigo é celbrarmos nossos encontros e desencontros com uma taça de vinho tinto chileno qualquer dias desses. Fica na paz!