“A merda chegou!”


Emerson Araújo e Airton Sampaio - Foto: Mônica Almeida
.
Quando defendi a regulamentação do artigo 226 da Constituição do Piauí nunca imaginei em comitê gestor de nada. Apenas defendi o direito dos professores de literatura se sentirem mais a vontade em sugerir para os alunos alguns textos piauienses. Agora institucionalizar a malandragem é coisa deste Themistocles Sampaio, contemporâneo de UFPI.

Airton Sampaio, você se lembra deste "filhinho de papai" lá na UFPI no início de 80? Enquanto a gente ia pro "pau" contra a polícia do “Lucidão” que tinha invadido a UFPI, este "pseudo dono de Esperantina" ficava cagando nas calças, se escondendo atrás das pilastras do Departamento de Direito no CCHL e sob a proteção do fascista Charles Silveira. Uma merda mesmo! Este Herculano Moraes é outro que faz parte deste coro sem criatividade, sem nada.

Adriano Lobão, tô quase dando a mão palmatória. Mas gestor deve ser mesmo o professor de literatura de sala de aula. Eita Província sem nada, eu ein!

Nenhum comentário: